• 13 de abril de 2024

Garimpeiros realizam mobilização pelo retorno das atividades

 Garimpeiros realizam mobilização pelo retorno das atividades

Em resposta à recente suspensão das atividades de mineração na região, garimpeiros e membros da comunidade de Ametista do Sul se reuniram na Praça Central da cidade na manhã desta quarta-feira, 2 de agosto de 2023. A suspensão foi ocasionada por uma operação do Exército que detectou o uso não autorizado de explosivos.
Estima-se que cerca de 3,5 mil postos de trabalho foram afetados pela paralisação, mais de 800 deles somente em Ametista do Sul, uma cidade cuja economia é altamente dependente da mineração. Muitos dos manifestantes, agora desempregados, relatam dificuldades financeiras decorrentes da interrupção repentina das atividades.
A manifestação se concentrou na reivindicação de um retorno imediato ao trabalho, bem como na solicitação de um prazo de 90 dias para a conclusão dos galpões de fabricação de pólvora. Além disso, pedem a aceleração do processo de regularização das atividades de mineração, especialmente a aprovação do Termo de Registro (TR), já protocolado.
Apesar de a suspensão ter atingido um amplo leque de cidades na região, Frederico Westphalen, Iraí, Planalto, Trindade do Sul, Cristal do Sul, Rodeio Bonito e Gramado dos Loureiros, a manifestação ocorreu especificamente em Ametista do Sul. Os manifestantes se empenharam para conduzir um protesto pacífico, com o objetivo de chamar a atenção das autoridades para a urgência da situação e a necessidade de um processo de regularização mais ágil.
Este protesto marcou o início de uma série de ações planejadas pelos garimpeiros e pela comunidade local, que esperam obter apoio para a sua causa nos próximos dias. A pressão continuará até que sejam encontradas soluções viáveis para retomar as atividades de mineração, garantindo o sustento de milhares de famílias na região.

Foto: Josias Marques/Portal In Foco RS

RS Norte

Noticias Relacionadas