• 13 de abril de 2024

Baixo salário e responsabilidades causas do baixo número de inscritos para concorrer ao cargo de conselheiro tutelar em FW

 Baixo  salário e responsabilidades causas do baixo número de inscritos para concorrer ao cargo de conselheiro tutelar em FW

Na manhã desta sexta-feira, 21, o presidente da Câmara de Vereadores de Frederico Westphalen, Raul Pazuch da Silva, acompanhou os membros do Conselho Municipal da Criança e Adolescente (Comdica), em um diálogo com o Executivo para buscar uma alternativa viável de tornar o processo de seleção dos membros do Conselho Tutelar mais atrativo. Uma das medidas foi propor a retirada de algumas especificações até então exigidas para o cargo, como já ter experiência no trabalho com crianças e adolescentes, e um aumento na remuneração.

De acordo com o membro do conselho, Tiago Galli, pelo trabalho realizado, as responsabilidades e demandas, e por serem cargos que passam por processo de eleição, sendo distinto dos demais servidores municipais, estes devem ser melhor remunerados.

O presidente da Câmara também reforçou a ideia de melhor remunerar os agentes. “Conversamos com o Comdica e conselheiros e a principal reclamação é o salário diante da dificuldade do trabalho e das responsabilidades”, afirmou.

A administração, representada pelo prefeito José Alberto Panosso, a procuradora Elizabete de Moura e o assessor jurídico Jonathan Carvalho salientaram os impedimentos temporários de propor um aumento na remuneração e propuseram buscar outras alternativas para tornar o cargo mais atrativo, sendo que para o futuro, no reajuste anual dos servidores para 2024, deverá ser aberto novamente o diálogo de revisão em separado para os Conselheiros Tutelares.

A administração municipal ficou de elaborar a proposta e encaminhar ao Legislativo o mais breve possível.

RS Norte

Noticias Relacionadas