• 20 de abril de 2024

Chapecó inicia a instalação de 30 novas lixeiras subterrâneas

 Chapecó inicia a instalação de 30 novas lixeiras subterrâneas

niciou nesta quinta-feira a instalação de novas lixeiras subterrâneas em Chapecó, na Avenida Getúlio Vargas, entre as ruas Clevelândia e Uruguai. De acordo com o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, serão instaladas 30 unidades na região central da cidade.
“Chapecó será a cidade que terá mais contêineres subterrâneos para recolhimento do lixo, que é um sistema moderno, com sensores de monitoramento do volume descartado, além de câmeras para inibir atos de vandalismo. Não vai ter mais aquela coisa de quebrar e esparramar o lixo no entorno. É mais uma ação da Administração para que tenhamos uma cidade mais limpa”, disse o prefeito.
O secretário de Serviços Urbanos, Luiz Paulo Carraro, destacou que o novo sistema tem capacidade para seis metros cúbicos de resíduos, o que é 30% maior do que os contêineres superficiais utilizados atualmente. Outa vantagem, segundo o secretário, é a liberação de vagas de estacionamento, onde serão retirados os recipientes antigos.
A gerente de Resíduos Sólidos da secretaria, Graciela Heckler, disse que além da Getúlio Vargas serão contempladas ruas transversais. O recolhimento inicialmente será feito pela Prefeitura até a concessionária do serviço de recolhimento fazer a adaptação. Uma unidade modelo foi colocada no ano passado, na rua Rui Barbosa, que passou por um período de testes.
Posteriormente foi realizada a licitação, no valor de R$ 156 mil a unidade. Anteriormente houve um orçamento no valor acima de R$ 200 mil.
A empresa vencedora da licitação foi a 3D Industrial, de Chapecó. De acordo com um dos proprietários, Diego Alves da Luz, este á um sistema único no Brasil.
“Não se trata só de uma lixeira subterrânea, é uma estrutura de aço e polietileno, com recipientes monitorados com sensor de volume e temperatura, que também monitora as aberturas, com energia de placa solar. Além disso a estrutura é de fácil instalação, podendo ser removida e colocada em outro local”, destacou.

RS Norte

Noticias Relacionadas