• 18 de maio de 2024

Zanchin entrega ao governador documento com a síntese dos debates do Movimento Pela Educação

 Zanchin entrega ao governador documento com a síntese dos debates do Movimento Pela Educação

Em ato de abertura da audiência pública sobre Desenvolvimento Regional na Região Funcional 9 do COREDES, constante da programação da primeira etapa do Movimento pela Educação: Vamos Debater Juntos, realizado nesta sexta-feira (28), em Marau, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Vilmar Zanchin (MDB), entregou ao governador Eduardo Leite documento com uma síntese dos painéis de debates sobre o tema, ocorridos pela manhã na Casa de Cultura municipal.

Em sua fala, Zanchin afirmou que não existe desenvolvimento sustentável e com permanência ao longo do tempo sem medidas na área da educação. “Essa é a contribuição para esse debate e para o apontamento de caminhos que devem ser trilhados pelos Poderes Públicos para que o RS melhore os índices e indicadores da área da educação”, indicou. O presidente da Assembleia adiantou que muitas outras sugestões serão encaminhadas ao governo ao longo dos próximos meses.

Conforme Zanchin, no painel da manhã houve enfoque nas questões das estruturas físicas das escolas e a valorização dos profissionais da área. “Além disso”, continuou, “os painelistas abordaram também a necessidade de mais escolas em tempo integral; a atenção à educação básica; a valorização da carreira docente com a formação continuada e a educação tecnológica e profissionalizante “, resumiu.

O governador Eduardo Leite iniciou seu pronunciamento cumprimentando o presidente Zanchin pela iniciativa de colocar a educação como prioridade de sua gestão para produzir um diagnóstico da educação do estado e permitir encontrar o caminho a seguir na busca pela qualidade. A seguir, enfatizou que o tema deve ser prioritário para toda a sociedade gaúcha. “É preciso ter o envolvimento público, em todas as instâncias de poder, mas também a parceria e a articulação entre estados e municípios, em sinergia”, salientou. Ele declarou que os insumos recebidos da Assembleia serão instrumento de trabalho para o governo se dedicar a eles com foco e esmero que o tema merece.

Conforme o governador, é fundamental compreender que, para além de um fator de dignidade, socialmente relevante, o tema da Educação tem total conexão com a demanda da sociedade de desenvolvimento. “No final das contas, é o desenvolvimento das competências e habilidades para essa nova economia que se descortina que a gente vai produzir mais  e promover o desenvolvimento.

Eduardo Leite enumerou ações de seu governo relacionadas à área, como o pagamento do piso nacional do magistério, infraestrutura das escolas e processos pedagógicos, qualificação de professores e diretores através do programa Aprenda Mais, – uma bolsa de estudos para 30 mil professores e diretores de escola para aperfeiçoamento em plataformas digitais. O governador também mencionou os programas de recuperação da evasão e abandono escolar, que, segundo ele, é uma das principais causas dos baixos indicadores de qualidade em educação obtidos pelos estudantes gaúchos e a expansão do ensino em tempo integral.

Pela manhã ocorreu o Painel Educação para o Desenvolvimento, com a CEO da Plataforma Elefante Letrado, Mônica Timm; a reitora da Universidade de Passo Fundo, Bernadete Maria Dalmolin; o secretário de Educação de Passo Fundo, Adriano Canabarro, a secretária de Educação de Erechim, Verenice Lipsch,  e diretor de  Escola Estadual Celeste Gabbardo, Carlos Cosmann.  Após, o especialista em inovação, criatividade e novas tecnologias, Marcos Piangers, palestrou sobre a Educação do Futuro.

A programação do evento prossegue com audiência pública da Assembleia Legislativa sobre o desenvolvimento regional, com transmissão pela TV AL.

Autor: Departamento de Jornalismo/Vang FM

Vilmar Zanchin diz que debates objetivam retomar posição de qualidade da educação no RS

Na Casa de Cultura de Marau, ocorreu na manhã desta sexta-feira (28) a primeira etapa do Movimento pela Educação, iniciativa do presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, deputado Vilmar Zanchin (MDB), que objetiva definir prioridades para qualificar a educação no estado e recolocá-lo em índices mais elevados.

A interiorização da Assembleia através do Movimento pela Educação terá outras oito etapas regionais e finalizará em Porto Alegre, no mês de novembro, com a entrega de proposições e metas ao governador Eduardo Leite, que hoje à tarde estará em Marau acompanhando os debates. Autoridades estaduais e municipais lotaram as dependências da Casa de Cultura.

Na abertura, o Coral Santa Cecília, de Marau, executou o Hino Nacional e o Hino Rio-grandense. Logo em seguida, foi projetado o vídeo do Movimento pela Educação. Duas vezes prefeito de Marau, o presidente da ALRS, deputado Vilmar Zanchin, na abertura do evento pela manhã, na Casa de Cultura – espaço que viabilizou na sua gestão no executivo municipal – cumprimentou autoridades e lideranças locais e, em especial, os professores da rede estadual e municipal. Ele explicou a dinâmica dos debates sobre educação no RS, através desta interiorização inédita da ALRS e de sua estrutura, porque “estamos convencidos de que o desenvolvimento da sociedade, econômico e social, se dá com uma educação de qualidade, e o RS, que outrora foi referência no Brasil, ao longo do tempo perdeu posições para outros estados e não podemos nos conformar com a qualidade dos indicadores atuais e precisamos criar uma sinergia, fazer um pacto na sociedade gaúcha em favor da educação”.

Disse que os nove encontros regionais oportunizarão os debates a respeito da qualidade das estruturas físicas dos educandários, remuneração dos profissionais, segurança nas escolas, mas especialmente a qualidade do Ensino Médio, que terá como referência a experiência exitosa do Ceará, assim como o aumento das escolas de Turno Integral, trazendo os resultados positivos de Pernambuco. Outra variante do tema a ser debatido será a matriz curricular para assegurar o ensino profissionalizante de qualidade, cuja aplicação com bons resultados terá o exemplo de São Paulo.

Também estarão na pauta dos debates a valorização do corpo docente, como a formação continuada, que além da melhoria da remuneração dos profissionais, necessita de avanços nos aspectos tecnológicos que dominam o cotidiano dos alunos, observou Zanchin. Tudo isso, conforme explicou, porque “queremos voltar a ser referência no Brasil na área da educação”, com repercussão no desenvolvimento sustentável do estado, o que somente será alcançado com educação de qualidade, assegurou. Ele justificou a interiorização da Assembleia com essa temática dizendo que o Poder representa a totalidade da sociedade e ouvir as próprias localidades legitimará as reivindicações que no final serão encaminhadas ao governador.

Representatividade municipal

O prefeito de Marau, Iura Kurtz, também destacou a importância do debate do tema educacional com a comunidade. Mesmo que os gestores municipais e estaduais tenham o assunto como prioridade, “às vezes a sociedade civil fica à margem, e com o envolvimento da ALRS essa discussão permeará todos os setores e a sociedade”, afirmou. Confortável com a posição municipal, que investe 35% do orçamento na educação, Kurtz afirmou que “não existe cidade, região, estado ou país que vá para a frente sem de fato valorizar a educação em todos os seus aspectos”. O município desfruta de índices positivos na educação, com quase 100% das crianças nas creches municipais, e iniciou a digitalização das escolas, substituindo os quadros negros por lousas digitais do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Com 45 mil habitantes, Marau possui matriz produtiva diversificada e em 2020 foi a cidade que mais gerou empregos no estado, exibe o título de Cidade Mais Limpa do Brasil e está na sétima posição em ranking de Melhor Cidade de Pequeno Porte para viver no país.

Logo após a abertura, teve início o painel Educação para o Desenvolvimento, com especialistas debatendo o tema.

Autor: Departamento de Jornalismo/Vang FM

RS Norte

Noticias Relacionadas