• 18 de maio de 2024

Placas solares fornecem energia limpa para o Natal da Transformação de Canoas

PMC DIVULGAÇÃO

Atenta à crise hídrica que assola o Brasil neste ano, em que o regime de chuvas é o pior em 90 anos, e há uma crescente preocupação com apagões, a Prefeitura de Canoas encontrou nas placas solares uma maneira mais sustentável de obter energia elétrica para o evento “Natal da Transformação”, que está acontecendo na Praça do Avião.

Em parceria com a empresa Oxxil Soluções Ambientais, foram instalados 40 painéis de 535 Kw, que são capazes de gerar 21.600kwp por hora. A energia gerada através dos painéis vem possibilitando as noites de Natal das centenas de pessoas que passam diariamente na Praça do Avião para acompanhar o acender das luzes da decoração e da fonte luminosa, além do espetáculo das águas dançantes que acontece todas as noites.

O secretário de Cultura, Pinheiro Neto, destaca que o Natal da Transformação foi pensado totalmente para não onerar o município, bem como, para resgatar a magia e o espírito natalino nos canoenses. “Buscamos parcerias para que conseguíssemos oferecer um evento que encantasse os frequentadores e que, ao mesmo tempo, fosse sustentável. Podemos dizer que essa é a marca do Natal da Transformação, que vem sendo realizado totalmente com recursos da iniciativa privada, sem perder o brilhantismo”.

A iniciativa, além de não agredir o meio ambiente, gera uma economia de, aproximadamente, R$ 15 mil aos cofres municipais durante o período das festividades. A sustentabilidade e o cuidado com o meio ambiente fazem com que a cada 1 kw de energia solar gerado, seja reduzido 8.82kg de CO² e economizado cerca de 3,55 kg de carvão mineral por hora. Ou seja, a cada 3 kw/h, uma árvore é preservada.

ENERGIA RENOVÁVEL NOS ESPAÇOS MUNICIPAIS
A energia solar e sustentável dos módulos fotovoltaicos é uma tendência do Governo Municipal de Canoas que, neste ano, em parceria com a RGE, já instalou placas solares no Hospital de Pronto Socorro com uma economia estimada em cerca de R$ 30 mil mensais. E, neste mês de dezembro, começou a instalação das placas também no Hospital Nossa Senhora das Graças, que deve estar em operação no início de 2022.

A partir da geração de energia através da luz do sol, o Executivo além da redução de custos, passa a oferecer um recurso totalmente renovável, sem poluentes e com pouca manutenção.

Escritório de Comunicação PMC

RS Norte

Noticias Relacionadas