• 20 de junho de 2024

Escola Sepé Tiaraju recebe Moção de Aplausos do Poder Legislativo de Frederico Westphalen

 Escola Sepé Tiaraju recebe Moção de Aplausos do Poder Legislativo de Frederico Westphalen

Homenagem foi em razão dos 89 anos de atuação do educandário, um dos mais antigos da região

Uma das instituições de ensino mais antigas da região ainda em atividade, a Escola Estadual de Educação Básica Sepé Tiaraju comemorou seus 89 anos no dia 24 de abril. Com a finalidade de reconhecer essa história e o legado de dedicação na área de educação, o Poder Legislativo de Frederico Westphalen entregou na quarta-feira, 5, uma Moção de Aplausos ao educandário.

A homenagem foi de autoria da vereadora Aline Ferrari Caeran (Progressistas), mas foi assinada pelos vereadores de todas as bancadas. O ato de entrega ocorreu nas dependências da escola, com a participação da direção, professores, servidores e alunos. Além de Aline, também prestigiou o momento o presidente da Câmara, Leandro Mazzutti, o vereador Belonir Vendruscolo e assessores da Casa. “Nós sabemos que a educação é um dos pilares de uma sociedade e foram muitas as mãos que ajudaram a construir essa linda história”, destacou a propositora da Moção.

Além da homenagem à Escola Sepé Tiaraju, a Câmara também entregou uma Moção de Aplausos ao aluno Athos Rodrigues Peretto, premiado com Medalha de Bronze na etapa regional da 18ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e Menção Honrosa na etapa final, representando o município de Frederico Westphalen.

89 anos de história

Em 1930, a Vila Barril progredia através do trabalho dos pioneiros que nela se estabeleceram. Com o crescimento do local, as famílias aqui estabelecidas, sentiam uma grande necessidade de criar condições para que os seus filhos pudessem ter acesso à educação. Surgiram, então, alguns núcleos educacionais onde lecionavam professores da comunidade. Com o passar dos anos, as lideranças passaram a reivindicar uma escola pública, que foi criada graças à iniciativa do intendente Valzumiro Pereira, em 24 de abril de 1935, com o nome de Grupo Escolar de Vila Barril.

Para o funcionamento da escola foi adaptado inicialmente um prédio situado ao lado da Praça da Matriz, até começar a construção de instalações mais apropriadas para receber os alunos. O prédio foi construído em madeira, na mesma quadra onde situa-se atualmente a escola, local onde funcionava o antigo Correios. Em 1950, a instituição mudou-se para a Rua Vergínio Cerutti até que reconstruíssem a nova escola. O número inicial de matrículas foi de 150 alunos. As primeiras professoras nomeadas foram as irmãs Edith e América Araújo, procedentes de Santa Rosa, e Elsa da Fonseca, vinda de Cruz Alta, com nomeação para a direção do educandário.

De 1935 a 1980, a escola recebeu várias denominações sendo que o nome mais popular foi o Grupo Escolar da Sede, por localizar-se na sede do distrito. Na década de 1980, com a necessidade de reorganizar a Escola, convocou-se uma reunião com a direção, professores e CPM, onde por meio de votação procedeu-se a escolha do novo nome da instituição, que passou a se chamar Escola Estadual de Primeiro Grau Incompleto Sepé Tiaraju (1981), posteriormente Escola Estadual de Primeiro Grau Sepé Tiaraju (1983), Escola de 1º e 2º Graus Sepé Tiaraju (1997) e o último e atual Escola Estadual de Educação Básica Sepé Tiaraju (2000). O nome da instituição é uma homenagem ao cacique Sepé Tiaraju, herói Missioneiro, que tinha por ideal a defesa e a libertação do seu povo.

Atualmente, o educandário funciona nos três turnos, atendendo cerca de 700 alunos desde a Pré-escola até o Ensino Médio. A partir deste ano, a escola também passou a oferecer o Ensino Médio Integral para a comunidade frederiquense.

RS Norte

Noticias Relacionadas