• 20 de abril de 2024

Dia das Crianças aquece a economia no mês de outubro, aponta CDL POA

 Dia das Crianças aquece a economia no mês de outubro, aponta CDL POA

Porto Alegre/PMPA DIVULGAÇÃO

Porto Alegre/PMPA DIVULGAÇÃO

Com o mercado favorável para os negócios, a data comemorativa se torna fator de propulsão das comercializações em diversos setores da economia, em especial para comércio e serviços

De acordo com análise da CDL Porto Alegre, o período do Dia das Crianças, celebrado no dia 12 de outubro, beneficiará setores do comércio, serviços e turismo no mês de outubro. Apesar de ser uma data comemorativa voltada para o público infantil, não são apenas os brinquedos que recebem atenção no período, visto que as necessidades das crianças estão, cada vez mais, pautando a tomada de decisão das famílias e ganhando relevância no ambiente de consumo. Hoje, o Dia das Crianças já é encarado como a quarta data mais importante do varejo em volume de comercializações.

Para o presidente da CDL POA, Irio Piva, neste ano, em especial, a data comemorativa vem impulsionada pela ampliação dos encontros sociais, impactando o setor de comércio e serviços de maneira mais significativa. “Estamos vivendo um momento diferente, as pessoas estão valorizando muito as viagens, os eventos e os passeios, pois havia uma demanda reprimida por socialização, inerente ao ser humano. O Dia das Crianças, que poderia ficar mais restrito ao presente infantil, vai muito além, porque nos encontros as pessoas compram roupas, buscam os serviços de beleza, querem desfrutar de passeios e viagens, o que contribui muito para a economia”, destaca Piva.

O dirigente também credita o ambiente propício ao consumo na data comemorativa à redescoberta dos espaços coletivos de Porto Alegre e à reconexão com a cidade: “As pessoas querem desfrutar a cidade, viver os novos espaços de lazer. Todas estas novidades disponíveis estimulam a movimentação econômica, geram novos negócios e fortalecem o comércio local”.

A previsão de uma boa movimentação na economia, em relação à data comemorativa, também está baseada na análise do economista-chefe da CDL POA, Oscar Frank. Segundo ele, caso as expectativas se confirmem, setembro marcará a terceira deflação consecutiva para o IPCA. De acordo com as estatísticas oficiais, essa sequência aconteceu apenas uma única vez na história do Plano Real, em 1998. A queda nos preços, em conjunção com os números robustos do emprego, tem ajudado a alavancar a massa de salários dos trabalhadores, contrabalançando ao menos parte dos efeitos da política monetária de juros altos e da elevação da inadimplência.

Frank explica que é necessário ressaltar também o impacto da potencialização das transferências sociais no curto prazo, cujo benefício recai sobre as camadas mais pobres. “Entendo que a data trará um significado especial de proximidade física, na medida em que os anos de 2020 e 2021 foram caracterizados por restrições à mobilidade da população. Logo, acredito que alguns serviços voltados à experiência do consumidor tendem a ser estimulados, além dos já tradicionais brinquedos”, conclui o economista.

Para a data, a CDL POA enviou aos lojistas associados um material repleto de insights e dados do mercado para que empresários de diferentes segmentos possam planejar ações que impulsionem suas vendas e aproveitem a oportunidade para expandir seus negócios. Entre as dicas da Entidade para os lojistas, está a lembrança de que é, na última semana, que as vendas crescem mais. Além disso, os comerciantes são estimulados a aproveitarem as mídias digitais e oferecerem ofertas especiais, com boas condições de pagamentos. É, ainda, muito importante lembrar que tios, avós e dindos também são motivados pelo Dia das Crianças.

RS Norte

Noticias Relacionadas